Kimchi - Tudo que você precisa saber sobre o tradicional prato coreano!

Kimch Coreano

Sabe aquele acompanhamento marcante para servir para as visitas em um jantar em casa? É o Kimchi! Exótico, saboroso e ainda repleto de benefícios para a saúde, essa conserva coreana é ideal para impressionar e agradar. Ela é tradicionalmente feita com acelga, gengibre e pimenta, esse é um prato que pode ser acompanhado em todas as refeições e existem mais de 300 tipos de variações.

 

No estágio inicial, kimchi era apenas vegetais salgados, mas durante o século XII viu o surgimento de um novo tipo com algumas especiarias e temperos, e no século XVIII introduzirão a pimenta vermelha que tornou-se finalmente a especiaria principal para esse prato delicioso. E graças à introdução das acelgas no século XIX, eles tornaram o mesmo tipo de kimchi que conhecemos hoje em dia.

Sendo assim, é rico em diversos minerais e vitaminas. Picante e azedinho, acompanha muito bem carne de porco ou frango, pode ser utilizado como tempero para um arroz frito oriental.

Propriedades do kimchi 

Parte do processo de preparo do kimchi envolve fermentação. Dessa maneira, isso o torna um alimento com propriedades probióticas, excelentes para a flora intestinal, ele também é rico em vitaminas como vitamina C, betacaroteno, vitaminas do complexo B, entre outras. Além disso, em sua composição, há abundância de minerais como fósforo, cálcio e potássio. Essa receita coreana tem como sua principal característica a fermentação de vegetais, como a acelga, em uma salmoura. Isso garante uma série de benefícios no consumo do prato, que:

  • tem ação antioxidante — principalmente pelo uso das pimentas, o que garante a ingestão de flavonoides e outros compostos antioxidantes. O resultado é o retardamento do processo de envelhecimento e até a prevenção de alguns tipos de cânceres;
  • regula os níveis de colesterol — O kimchi reduz os níveis de colesterol ruim (LDL);
  • auxilia o sistema imunológico — o gengibre, ingrediente tradicional do kimchi, é conhecido por sua ação bactericida, o que favorece a imunidade;
  • ajuda no controle de peso — outra pesquisa coreana da área endocrinológica mostrou que o kimchi é um aliado na perda de peso, após um estudo envolvendo pacientes com síndrome metabólica e sobrepeso;
  • é um alimento probiótico — o que melhora a saúde digestiva e equilibra a microbiota intestinal

Receita para kimchi em 30 minutos

  • 2 acelgas
  • 5 xícaras de água
  • 1/2 xícara de sal
  • 4 dentes de alho
  • 1 pedaço de gengibre
  • 1 cebola picada
  • 3 colheres de sopa de molho de peixe Nam Pla
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 5 colheres de sopa de pimenta em pó grosso
  • 2 colheres de sopa de suco de maçã
  • 1 colher de sopa de mel
  • 2 pimentas vermelhas fatiadas ou cebolinha fatiada {opcional}
  • 2 colheres de sopa de gergelim torrado

 

Corte o talo das acelgas e depois corte suas folhas verticalmente. Depois misture as 5 xícaras de água e a 1/2 xícara de sal e ferva, misturando para que o sal dissolva. Deixe esfriar por uns 5 minutos.
 
Despeje a salmoura quente sobre a acelga e mexa bem. Dessa forma, o sal penetrará na acelga mais rápido, não deixando cozinhar, mas criando uma textura crocante. Deixe descansar por 10 minutos.
 
Vire as acelgas e deixe na água por mais 5 minutos. Depois disso você vai notar que a parte do talo se dobra sem quebrar. Enxágue toda a acelga e deixa escorrer por um tempo de forma que fique bem seca.
 
Bata o alho, gengibre, a cebola picada e o molho de peixe até que vire um purê. Depois acrescente o açúcar e a pimenta em flocos  e misture bem. Acrescentar as 2 colheres de sopa de suco de maçã 
Em um pote de Tsukemonoki, misture a acelga com o tempero usando as mãos. Nesse tipo de kimchi fica bom acrescentar gergelim torrado..

O kimchi tradicional pode ficar por um mês na geladeira, pois fermenta e seu sabor muda: passa de agridoce e apimentado para um azedo exótico. Há quem goste de comê-lo fresco e há quem prefira deixar fermentar. Porém essa receita não permite uma fermentação muito longa, por isso é bom consumi-lo no prazo de 10 dias.

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.